Estás comprometida com o teu crescimento e precisas escolher as melhores redes sociais para pequenos negócios? Então este artigo é mesmo para ti. Vamos ver passo-a-passo, qual é a rede social onde podes ter mais sucesso mais facilmente.

Historicamente, ensinam-nos a escolher as redes sociais mais mexidas ao momento ou aquelas que fazem mais sentido para o tipo de negócio em causa. Até certo ponto, faz sentido. Mas, como sabes, devemos tratar cada negócio como o ser individual que é. Acima de tudo,

Mas vejamos 3 aspectos essenciais na escolha:

  1. o tipo e tamanho do teu negócio
  2. a tua disponibilidade de investimento (tempo e dinheiro)
  3. o teu perfil pessoal (competências e preferências)

1) Como o tamanho do teu negócio influencia a tua escolha:

Se estás sozinha a gerir tudo e mais alguma coisa, é normal que não possas estar presente em muitas redes sociais ao mesmo tempo.

Esclarecendo a perspectiva: qualquer negócio custa muito tempo e disponibilidade mental para ter uma gestão eficaz. Se vamos investir todo o tempo em várias redes sociais e tratá-las como principais ou de referência, corremos o risco de dispersar demasiado. Podemos ter uma rede social principal e outras acessórias.

Também o tipo de negócio influencia a escolha das redes sociais para pequenos negócios. Aliás, na criação da estratégia, é importante considerar se estamos perante produto ou serviço, se é um negócio local ou online, entre muitos outros aspectos.

Se tens alguém ao teu lado para te ajudar na comunicação ou desenvolvimento do teu negócio, obviamente que a escolha deve ponderar também esse factor. Quanto mais rentabilizares tudo o que sejam aspectos individuais do teu negócio, melhor.

Algumas dicas práticas na escolha de redes sociais para pequenos negócios:

  • um negócio que vende produtos vai precisar demonstrá-los e representar a sua utilização: youtube, instagram, pinterest, facebook…
  • um negócio de serviços pessoais vai precisar de demonstrar a personalidade da prestadora de serviços. Se forem formais e B2B: linkedin. Por outro lado, os formais e B2C temos também o youtube e o instagram. Já os informais, podem também considerar o facebook.
  • Um negócio local com muitos Clientes de repetição, deve escolher uma rede como o instagram. Se precisar de apoio ao Cliente o facebook permite a criação de comunidade…

2) A tua disponibilidade de investimento

Lá está… não basta registar, há que estar. Uma rede social, como o nome indica, exige socialização. Existem duas possibilidades de crescimento:

  1. orgânico (porque os utilizadores consideram interessante e reagem ou partilham)
  2. pago (porque pagas publicidade para aparecer e ser vista)

É um erro pensar que não vais gastar nada em publicidade! Vais sempre gastar alguma coisa… nem que seja tempo! Por isso, já que estamos a falar de redes sociais para pequenos negócios, é importante considerar o teu tempo como investimento. A pergunta passa a ser: vais pagar em dinheiro ou em tempo?

Se tens pouco tempo, talvez uma rede social mais técnica e que não exija tanta socialização directa (como o pinterest ou o youtube, por exemplo).

3) o teu perfil pessoal:

Gostas de socializar? De interagir e conversar online? Ou adoras fotografar e e filmar? Preferes ensinar algo ou criar listas? O teu perfil pessoal infuencia muito quando falamos de redes sociais para pequenos negócios. Afinal, vais gerir quase todos os aspectos do teu negócio, é importante que te seja o mais natural possível.

Só há estas redes sociais para pequenos negócios?

Claro que não! Há 300 redes sociais e novas parecem brotar todos os dias. Honestamente, são modinhas, na sua maioria. Estamos perante um oligopólio se considerarmos as marcas ou monopólio se considerarmos a administração. O Facebook do nosso amigo Mark domina o instagram e o facebook que, por sua vez, são as duas principais redes sociais.

E pronto. Isto responde à questão. Deves dar atenção a outras? Se te apetecer, claro. Se tiveres uma aptidão natural para alguma em concreto, claro. Agora… porque a malta anda toda a ir para uma rede social aos pulos vais a correr criar perfil!? Boa! Perdeste 3 ou 4 horas de chacha que não vais poder rentabilizar daqui a um ano.

exemplos práticos de escolha das melhores redes sociais para pequenos negócios

Exemplos práticos de redes sociais para pequenos negócios:

  • A Health Coach que adora gravar vídeos mas detesta directos. Tem boa imagem e cozinha com carinho. Deve escolher o instagram como fonte de envolvimento e o Youtube como fonte de autoridade.
  • Já a Health Coach que detesta gravar vídeos mas adora exercício e tira boas fotografias, pode dominar o instagram e usar o facebook para grupo de desafio
  • A mãe que abriu uma loja de artigos para bebé e criança e não tem jeito nenhum para design ou fotografia, deve escolher o facebook e investir num grupo e nas stories.
  • A mesma mãe afinal percebe que até tem jeito para fotografia e design, deve investir no instagram (o Cliente instagram paga valores mais altos, em média)
  • A contabilista informal e que detesta redes sociais, deve escolher dois a três bons templates e usar o instagram.
  • A contabilista que até gosta de alguma formalidade no trabalho pode arrasar no Linkedin

Resumo:

Quando estamos a escolher redes sociais para pequenos negócios, temos de ter e atenção os aspectos mais relevantes desse mesmo negócio. Rejeita "receitas" que apenas te ajudam a seres mais uma no meio do barulho.

Dá atenção ao teu negócio, avalia os detalhes e escolhe em conformidade. Precisas de ajuda? A Focus Business Gym pode ser o programa que procuras.

Would you like to…?

Use the Divi Builder…

to design your pop-up!

Donec rutrum congue leo eget malesuada. Curabitur non nulla sit amet nisl tempus convallis quis ac lectus. Cras ultricies ligula sed magna dictum porta. Curabitur aliquet quam id dui posuere blandit. Proin eget tortor risus.