Olá Super Mulher, queres saber como podes criar autoridade na tua vida e na tua carreira/negócio? Vamos a isso! Primeiro que tudo, há que definir competência. Temos de perceber o que queremos para o alcançarmos, certo? Então, vamos por partes:

1 – O que é autoridade?

Autoridade é o reconhecimento de uma competência socialmente valorizada. Ou seja: autoridade é a confirmação de que sabes a teoria e consegues executar algo que tem valor para quem te rodeia.

2 – O que é competência?

Ao contrário do que se pensa comumente, a competência não é apenas o saber fazer. É muito mais do que isso: é o saber fazer acompanhado pelo fazer concretamente. Não basta partilhares uma teoria… há que demonstrar o valor do conhecimento através da sua concretização.

3 – Como construir a autoridade?

Esta pergunta está quase respondida, certo? Então: a autoridade constrói-se através da demonstração de forma clara, assertiva e despudorada da tua principal competência (ou das tuas principais competências).

4 – Reparaste nos elementos da resposta?

  1. demonstração: sim, inclui algum “exibicionismo” saudável
  2. de forma clara: não esperes que a malta te adore de tal forma que ande a cuscar a tua vida para poder perceber o que fazes bem, mostra abertamente, demonstra
  3. assertiva: sem rodeios! Dizes sucintamente aquilo em que és maravilhosa e mostras de forma óbvia. Competência não é poesia, não precisa ser interpretada.
  4. despudorada: sem falsas modéstias! Se és muito boa em algo, diz. Naquilo em que não és boa, não inventes.

5 – Como demonstrar competência?

Depende do canal de comunicação, claro mas sem dúvida alguma que é essencial que seja uma comunicação consistente. Se estás numa rede social, convém que demonstres (vídeos em directo fazem a festa!) aquilo em que és melhor. um vídeo todos os dias, sempre à mesma hora.

Se queres demonstrar presencialmente, por exemplo, é falar abertamente: eu fiz isto porque é a minha especialidade. Faz-se assim, como podem ver…

O melhor truque que posso partilhar contigo é responderes de forma abstracta a dúvidas concretas. De que forma? Quando alguém te pergunta “como é que eu posso fazer isto?” tu respondes com o passo-a-passo e remetes para uma prova dada. Não adequas a tua competência ao caso concreto da pessoa, optando por explicar que essa adequação já é um serviço pago que tu prestas. Mas partilhas as orientações gerais para que possa começar.

6 – Vantagens?

Infinitas! Quando te reconhecem a devida autoridade, já sabem que és a melhor pessoa a quem devem pedir ajuda para alcançarem aquilo em que és boa. Ou seja:

  1. contactam-te directamente
  2. investem no teu trabalho sem discutir preço
  3. confiam e aguardam resultados
  4. recomendam porque sabem que tens uma boa comunicação e resultados.

Como sentes que está a tua autoridade?